search
top

Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo (Mateus 16, 13-23)

Instruções para a oração:
  - Procure fazer silêncio interior e exterior e leia calmamente a passagem (mais de uma vez se for preciso).
  - Pergunte ao Senhor, o que Ele quer lhe dizer através deste texto.
  - Tente perceber qual é o trecho que chama mais sua atenção, que lhe toca mais e detenha-se nele para descobrir o chamado que Deus lhe faz.
  - As perguntas são para colaborar para que a oração seja diálogo com Jesus. Use-as, se achar que podem realmente lhe ajudar.
  - Agradeça a Deus por tudo o que tem lhe dado e peça forças para ser fiel ao que hoje Ele lhe falou ao coração.

Naquele tempo: 
Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe 
e ali perguntou aos seus discípulos: 
‘Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?’ 
Eles responderam: 
‘Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; 
Outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas.’ 
Então Jesus lhes perguntou: 
‘E vós, quem dizeis que eu sou?’ 
Simão Pedro respondeu: 
‘Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo.’ 
Respondendo, Jesus lhe disse: 
‘Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, 
porque não foi um ser humano que te revelou isso, 
mas o meu Pai que está no céu. 
Por isso eu te digo que tu és Pedro, 
e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, 
e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. 
Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: 
tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; 
tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus.’ 
Jesus, então, ordenou aos discípulos 
que não dissessem a ninguém que ele era o Messias. 
Jesus começou a mostrar aos seus discípulos 
que devia ir à Jerusalém 
e sofrer muito da parte dos anciãos, 
dos sumos sacerdotes e dos mestres da Lei, 
e que devia ser morto e ressuscitar no terceiro dia. 
Então Pedro tomou Jesus à parte 
e começou a repreendê-lo, dizendo: 
‘Deus não permita tal coisa, Senhor! 
Que isto nunca te aconteça!’ 
Jesus, porém, voltou-se para Pedro, e disse: 
‘Vai para longe, Satanás! 
Tu és para mim uma pedra de tropeço, 
porque não pensas as coisas de Deus 
mas sim as coisas dos homens!’ 

Para rezar:

Jesus, o maior líder que já existiu. Jesus, o mestre da alegria. Jesus, o maior empresário da Terra. Jesus, o maior psicólogo de todos os tempos… Hoje, parece não haver limites, de quantidade e criatividade, para os apostos que se seguem ao nome de Jesus, sejam em pregações, livros, artigos, filmes ou revistas.  Daí porque a pergunta feita aos discípulos é tão atual: “E vós, quem dizeis que eu sou?”.

Responder quem dizemos ser Jesus não é importante apenas por uma questão teórica. É necessário, claro, entendermos quem ele é, confessar que é o Filho de Deus, aquele que veio resgatar a dignidade da humanidade, senão caímos na tentação de limitar Jesus, conferindo-lhe títulos reducionistas como os acima citados. No entanto, responder-se quem Jesus é tem por motivo maior a consequência prática disso: só se segue aquele que se conhece.

Responder corretamente a essa pergunta é necessário porque define, também, a forma de seguir Jesus. Se respondermos corretamente, tal qual Pedro, não cometeremos o erro no qual ele incorreu, o de sugerirmos a nós mesmos os caminhos mais fáceis, sem sofrimentos, se forem necessários para que a vontade de Deus se faça.

João Gustavo Henriques de Morais Fonseca, graduando em Direito na UFMG

2 Responses to “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo (Mateus 16, 13-23)”

  1. Everaldo pereira disse:

    como não ter esta duvida se quem tava perto dele vendo ele estava duvidando dele. ele mesmo se contradiz fala que nao e pra acreditar no homem, e derrepente pede pra acreditar nele, sendo q ele e um homem tambem, o pai dele falou q tudo passara mais a palavra de deus nunca passara, ai vem jesus e desmente o pai mudando um monte de coisas na lei q deus falou q nunca passaria, jesus chegou e tirou tudo q o pai dele falou, dizendo que ninguém mais iria para o céu se nao fosse por ele, ta parecendo que o pai que e o rei perdeu seu reinado onde o filho q e o príncipe ta mandando mais que ele que e o criador de tudo um filho nao pode tirar uma ordem do pai, nem entre nos que somos humanos isso seria aceitável . ainda mais que estamos falando de divindades que nao mentem e nem nem cometem erros. qual foi a prova que jesus mostrou de que foi o seu pai mesmo q mandou ele fazer estas mudanças ,ele so chegou falando que foi o pai que mandou e como ele provou isso alem de suas próprias palavras

  2. Everaldo pereira disse:

    algumas duvidas acabam surgindo pela controvérsias encontradas como não ter esta duvida se quem tava perto dele vendo ele estava duvidando dele. ele mesmo se contradiz fala que nao e pra acreditar no homem, e derrepente pede pra acreditar nele, sendo q ele e um homem tambem, o pai dele falou q tudo passara mais a palavra de deus nunca passara, ai vem jesus e desmente o pai mudando um monte de coisas na lei q deus falou q nunca passaria, jesus chegou e tirou tudo q o pai dele falou, dizendo que ninguém mais iria para o céu se nao fosse por ele, ta parecendo que o pai que e o rei perdeu seu reinado onde o filho q e o príncipe ta mandando mais que ele que e o criador de tudo um filho nao pode tirar uma ordem do pai, nem entre nos que somos humanos isso seria aceitável . ainda mais que estamos falando de divindades que nao mentem e nem nem cometem erros. qual foi a prova que jesus mostrou de que foi o seu pai mesmo q mandou ele fazer estas mudanças ,ele so chegou falando que foi o pai que mandou e como ele provou isso alem de suas próprias palavras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

top