search
top

Quem dizeis que eu sou? Mc 8, 27-33

Instruções para a oração:
  - Procure fazer silêncio interior e exterior e leia calmamente a passagem (mais de uma vez se for preciso).
  - Pergunte ao Senhor, o que Ele quer lhe dizer através deste texto.
  - Tente perceber qual é o trecho que chama mais sua atenção, que lhe toca mais e detenha-se nele para descobrir o chamado que Deus lhe faz.
  - As perguntas são para colaborar para que a oração seja diálogo com Jesus. Use-as, se achar que podem realmente lhe ajudar.
  - Agradeça a Deus por tudo o que tem lhe dado e peça forças para ser fiel ao que hoje Ele lhe falou ao coração.

Naquele tempo: Jesus partiu com seus discípulos para os povoados de Cesaréia de Filipe. No caminho perguntou aos discípulos: ‘Quem dizem os homens que eu sou?’ Eles responderam: ‘Alguns dizem que tu és João Batista; outros que és Elias; outros, ainda, que és um dos profetas.’ Então ele perguntou: ‘E vós, quem dizeis que eu sou?’ Pedro respondeu: ‘Tu és o Messias.’ Jesus proibiu-lhes severamente de falar a alguém a seu respeito. Em seguida, começou a ensiná-los,  dizendo que o Filho do Homem devia sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, devia ser morto, e ressuscitar depois de três dias. Ele dizia isso abertamente. Então Pedro tomou Jesus à parte e começou a repreendê-lo. Jesus voltou-se, olhou para os discípulos e repreendeu a Pedro, dizendo: ‘Vai para longe de mim, Satanás!’  Tu não pensas como Deus, e sim como os homens.’

Naquele tempo: Jesus partiu com seus discípulos para os povoados de Cesaréia de Filipe.

Que hoje, possamos deixar que Jesus nos acompanhe durante todo o dia. Que possamos ter um momento forte de oração que nos permita estar o dia todo em diálogo com o mais íntimo de nós: Deus. Que a presença dEle permeie todo o nosso dia.

No caminho perguntou aos discípulos: ‘Quem dizem os homens que eu sou?’

É  no caminho que vamos conhecendo Jesus e que vamos deixando que Ele também nos conheça. Quem dizem os homens que sou? O que já ouvi falar sobre Jesus? Qual a imagem tenho dele até hoje? Que situações e que pessoas têm me falado sobre Jesus? O  que têm dito?

Eles responderam: ‘Alguns dizem que tu és João Batista; outros que és Elias; outros, ainda, que és um dos profetas.’

As diversas situações que experimento no dia a dia, e a forma como as interpreto, me dizem muito sobre Deus e sobre mim. As pessoas com quem convivo também. Pessoas e situações podem nos levar a ter falsas imagens sobre quem é Deus e sobre o que é a Fé. Um bom exercício seria identificar essas mensagens que venho acumulando a respeito da identidade de Deus e da minha própria identidade.

Então ele perguntou: ‘E vós, quem dizeis que eu sou?’ Pedro respondeu: ‘Tu és o Messias.’

Depois de identificar as imagens de Deus que situações e pessoas foram construindo pra mim, chega o momento do olho no olho: E vós, quem dizeis que eu sou?

Jesus proibiu-lhes severamente de falar a alguém a seu respeito. Em seguida, começou a ensiná-los,  dizendo que o Filho do Homem devia sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, devia ser morto, e ressuscitar depois de três dias. Ele dizia isso abertamente. Então Pedro tomou Jesus à parte e começou a repreendê-lo. Jesus voltou-se, olhou para os discípulos e repreendeu a Pedro, dizendo: ‘Vai para longe de mim, Satanás!’
Tu não pensas como Deus, e sim como os homens.’

Que no diálogo  possamos ir entendendo os motivos de Jesus. E que encontremos paz no que ainda não terminou de ser compreendido.

Pollyanna Vieira – Família Verbum Dei

3 Responses to “Quem dizeis que eu sou? Mc 8, 27-33”

  1. Valeria Maria disse:

    Essa leitura diária me ajuda muito, pois vai me fazendo conhecer melhor esse Jesus maravilhoso, misericordioso, o Deus vivo feito homem, e mais, está me tornando uma pessoa melhor comigo e assim melhor com o meu próximo.

  2. João César de Souza disse:

    Gosto de ler os comentários são muito bem feitos e muita alegria e entendimento. Obrigado vcs estão de parabéns.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

top