search
top

Jesus cura uma mulher e uma menina (MT 9,18-26)

Instruções para a oração:
  - Procure fazer silêncio interior e exterior e leia calmamente a passagem (mais de uma vez se for preciso).
  - Pergunte ao Senhor, o que Ele quer lhe dizer através deste texto.
  - Tente perceber qual é o trecho que chama mais sua atenção, que lhe toca mais e detenha-se nele para descobrir o chamado que Deus lhe faz.
  - As perguntas são para colaborar para que a oração seja diálogo com Jesus. Use-as, se achar que podem realmente lhe ajudar.
  - Agradeça a Deus por tudo o que tem lhe dado e peça forças para ser fiel ao que hoje Ele lhe falou ao coração.

Enquanto Jesus estava falando ao povo, um chefe religioso chegou perto dele, ajoelhou-se e disse: A minha filha morreu agora mesmo! Venha e ponha as mãos sobre ela para que viva de novo. Então Jesus foi com ele, e os seus discípulos também foram. Certa mulher, que fazia doze anos que estava com uma hemorragia, veio por trás de Jesus e tocou na barra da capa dele. Pois ela pensava assim: “Se eu apenas tocar na capa dele, ficarei curada.” Jesus virou, viu a mulher e disse: Coragem, minha filha! Você sarou porque teve fé. E naquele momento a mulher ficou curada. Depois Jesus foi para a casa do chefe religioso. Quando viu os que tocavam música fúnebre e viu a multidão numa confusão geral, disse: Saiam todos daqui!         A menina não morreu; ela está dormindo! Então começaram a caçoar dele. Logo que a multidão saiu, Jesus entrou no quarto em que a menina estava, pegou-a pela mão, e ela se levantou. E a notícia a respeito disso se espalhou por toda aquela região.

Resultado de imagem para a força da fé

A missão de Jesus é restaurar os homens na vida total, Não só livra-los das doenças que os diminui e exclui do convívio social, mas também salva-los da morte, que os exclui da vida antes do tempo.

O convite da oração de hoje é contemplar a nossa vida para perceber aí a presença de Jesus. Com o coração aberto peçamos ao Senhor que de fato seja feita em nossas vidas a sua vontade para que ele esteja presente em nós…! O que mais temos na vida nos dias de hoje principalmente na atual conjuntura são pré-ocupações, e preocupar-se é o mesmo que ocupar-se antes, ou seja, gastamos energias com coisas que nem sabemos se vamos realmente vive-las, e vivemos constantemente ansiosos e sem tempo para o outro. Nos falta o essencial para encararmos os desafios do dia a dia, a confiança. Quando contemplamos Jesus nessa cena percebemos que ele não tem nenhum preconceito e tem muita confiança; mesmo ocupado com o povo ainda assim atende ao pedido daquele homem, e quando esta a caminho para atender a um, atendendo o outro (a) no percurso, quando chega à casa do chefe religioso e os que estavam lá duvidaram e começaram a caçoar dele ele não se intimidou e fez o que precisava ser feito…, penso que força é essa?

Em outra tradução diz que a multidão o apertava, mas quando a mulher toca em seu manto ele sente que alguém o tocou porque sentiu uma força saindo dele, que força é essa?

 Imagina: naquela época, o chefe da sinagoga tinha a função de presidente da assembleia, de interpretar a lei, de decidir sobre questões legais, de administrar a justiça, de abençoar os casamentos e decretar os divórcios. Pertencia a uma classe social elevada, mas se coloca de joelhos diante de Jesus, que força é essa?

A mulher era considerada impura e vivia a margem da sociedade por causa da sua doença, quem tocasse nela se tornava impuro, não podia tocar em ninguém e nem ser tocada por ninguém, mas ela estava apertada no meio da multidão e toca o manto de Jesus, que força é essa?

A força da fé pode nos surpreender, ela nos leva cada vez mais ao encontro de Jesus, seja de joelhos em sua frente pedindo compaixão pelos outros ou com um simples toque por trás pedindo compaixão por nós mesmos, não importa nossa posição ou condição, o importante é elevar a esperança em nós e busca-lo enquanto se pode encontra-lo. Jesus é o rosto da misericórdia de Deus, mas só podemos compreendê-lo através da fé e segundo São Paulo a fé é um dom de Deus: “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie.” EF 2, 8 – 9

Quando nos ligamos demais a nós mesmos e ao mundo e nos esquecemos do nosso próximo, a nossa vida se vai…! Só Jesus pode nos resgatar nos guiar para aquilo que é verdadeiro conservar e ou nos devolver vida; por isso é urgente que tenhamos um relacionamento com ele; é procurando conhecer o que nos “possui” para apresentarmos a ele é que a nossa vida será renovada e ele poderá cumprir em nós o que é do seu proposito como nos diz a primeira leitura de hoje: “Eu te desposarei para sempre; eu te desposarei conforme as sanções da justiça e conforme as práticas da misericórdia.” Os 2,16. 17b-18.21-22 “Misericórdia e piedade é o Senhor.” Sl 144,2-3. 4-5. 6-7. 8-9 (R. 8a)

O Papa João Paulo II dizia que: “Devemos olhar para o passado com gratidão, viver o presente com paixão e ver o futuro com esperança”.   Eu penso que é exatamente isso que ocorre com os personagens do evangelho de hoje, o chefe da sinagoga não se conformou com a morte da filha e colocou sua fé e esperança no pedido que faria a Jesus. A mulher também não se conformou com sua situação e colocou sua fé e sua esperança no toque na barra da capa de Jesus. Ambos com a esperança elevada, apesar das dificuldades sabiam que a fé e a esperança necessitam da ação…

 Senhor impõe tua mão sobre nós, aumente a nossa fé para que tenhamos atitude para abrir mão das coisas antigas, nos livrar dos pré-conceitos para nos aproximar cada vez mais do seu filho Jesus para que venha a nós o vosso Reino. Amém!

Agostinho Augusto – Família Missionária Verbum Dei – Belo Horizonte – MG.

2 Responses to “Jesus cura uma mulher e uma menina (MT 9,18-26)”

  1. Amanda disse:

    Senhor, necessito de cura e libertação para que eu possa abrir mão do meu passado de confiar em suas promessas para a minha vida. Senhor, eu creio, mas aumentai a minha fé!

  2. ricardo abel disse:

    acreditar em Jesus é fazer como aquela mulher hemorrágica, que apenas tocou na bainha do manto de cristo, e, ficou curada. façamos como ela, temos sempre que acreditar que podemos vencer todas as nossas dificuldades se colocarmos nosso senhor na frente dessas dificuldades e nunca ao contrário, temos que acreditar que Jesus todas asa nossos problemas por mais difíceis que sejam, nunca devemos perdera esperança.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

top