search
top

Odres novos para vinhos novos (Mt 9, 14-17)

Instruções para a oração:
  - Procure fazer silêncio interior e exterior e leia calmamente a passagem (mais de uma vez se for preciso).
  - Pergunte ao Senhor, o que Ele quer lhe dizer através deste texto.
  - Tente perceber qual é o trecho que chama mais sua atenção, que lhe toca mais e detenha-se nele para descobrir o chamado que Deus lhe faz.
  - As perguntas são para colaborar para que a oração seja diálogo com Jesus. Use-as, se achar que podem realmente lhe ajudar.
  - Agradeça a Deus por tudo o que tem lhe dado e peça forças para ser fiel ao que hoje Ele lhe falou ao coração.

Os discípulos de João Batista foram a Jesus e lhe perguntaram: “Por que seus discípulos não têm o hábito de jejuar, como nós e os fariseus?”. Jesus respondeu: “Por acaso os convidados de um casamento ficam de luto enquanto festejam com o noivo? Um dia, porém, o noivo lhes será tirado, e então jejuarão. “Além disso, ninguém remendaria uma roupa velha usando pano novo. O pano rasgaria a roupa, deixando um buraco ainda maior. “E ninguém colocaria vinho novo em velhos recipientes de couro. O couro se arrebentaria, deixando vazar o vinho, e os recipientes velhos se estragariam. Vinho novo é guardado em recipientes novos, para que ambos se conservem”.

Resultado de imagem para vinhos novos em odres velhos

Oração:

Que alegria poder estar mais esse tempinho convosco, Trindade! Obrigado por mais essa oportunidade. Para aproveita-la ao máximo, peço a luz do vosso Espirito para que ela me guie, peço a confiança para escutar com amor o que me tendes à dizer e fortaleza para não desistir no caminho que me colocastes.

Duas partes me chamam mais atenção na liturgia de hoje. A primeira é que Jesus se apresenta como o Noivo, ou seja, como o Messias enviado pelo Pai. E a segunda é que Ele diz que o que Ele traz é novo, e precisamos ser novos também para acolher e viver o que Ele veio trazer.

Jesus se coloca como sendo Ele em pessoa o conteúdo de um símbolo utilizado por Deus para descrever a sua relação de amor com o povo eleito, o noivo. Ele se auto proclama o ungido, o enviado de Deus. Na solenidade de Pedro e Paulo, domingo passado, Ele perguntava aos seus discípulos: “E vocês, quem dizeis que eu sou?” (Mt 16, 15) Penso que refletir e responder à Jesus essa pergunta, sob a luz da liturgia de hoje, é muito importante para nós e nossa relação com Ele. Quem é Jesus para você? Que lugar ele ocupa na sua vida?

A novidade introduzida no mundo por Jesus é ainda significada pelas imagens do pano novo e do vinho novo. A sua mensagem só pode ser recebida por um mundo novo, por homens novos, isentos de preconceitos, que se deixem moldar pelo Espírito. Como me vejo em relação a isso, sinto que tenho reagido em consonância com os sinais dos tempos? Me sinto um homem e uma mulher nova, capaz de receber, armazenar e distribuir a boa nova de Jesus?

Temos que ser novos a cada dia, pois a mensagem e o amor de Jesus de Nazaré é sempre urgente e atual. Peçamos ao Espirito Santo a sabedoria para compreender e viver bem todas essas coisas segundo o amor do Pai, que nos foi manifestado, sobretudo no filho. Que Ele nos inspire a ser mulheres e homens novos, capazes de acolher seu amor e leva-lo até os confins da terra, como discípulos missionários de uma igreja em saída.

Amém!

Willian M. da Fonseca – Família Missionária Verbum Dei de Belo Horizonte.

One Response to “Odres novos para vinhos novos (Mt 9, 14-17)”

  1. Alfredo Magalhães de Sousa disse:

    Muito boa iniciativa é pelo conhecimento da palavra de Deus,que seremos íntimos e amigo pessoal de Jesus.Parabens Deus abençoe os idealizadores desta bela ação.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

top